Como o cartão-presente ajudou o Outback a vender mais na Black Friday

A Black Friday é uma data tradicional para os norte-americanos onde, um dia após a ação de graças, as lojas baixam muito os preços, e se vê cenas bastante curiosas dos consumidores enlouquecidos atrás de produtos que sempre quiserem por um valor “que cabe no bolso”.

Esse evento, que remonta a década de 1960, aproximou-se do Brasil na contemporaneidade e não é nada estranho ver muitas ações de Black Friday em terras canarinhas. Aqui, o período ainda não possui o mesmo simbolismo – até então – que tem com os norte-americanos, entretanto, desde 2010, o número de empresas que buscam aderir a ações de Black Friday aumentou exponencialmente.

A partir daí, pensar as estratégias de Black Friday fazem parte do ano de grandes e pequenas empresas do Brasil. Planejar as boas práticas, táticas de venda e ações promocionais podem gerar muito mais receita nesse período.

Nesse sentido, empresas como o Outback, procuram maneiras de engajar ainda mais seus clientes. No cartão-presente, viu-se a oportunidade de oportunizar uma experiência única, um “momento Outback” impulsionado pela ferramenta.

A Black Friday no Brasil

Ao se popularizar no Brasil na década passada, a Black Friday começou por aqui pela internet. Tem-se registro do primeiro evento em terras brasileiras no dia 28 de novembro de 2010, data em que cerca de 50 lojas online criaram seus descontos e tematizaram com a Black Friday.

Depois disso, não demorou para muitas outras lojas nos anos seguintes acompanharem a tendência. Atualmente, existem diversas ações provenientes da primeira como as “Black November”, com descontos que duram o mês inteiro, ou mesmo a “Cyber Monday”, que seria focada em comércio eletrônico, o que não faz tanto sentido na atualidade, haja visto que o e-commerce é uma estratégia consolidada.

Neste ano, em 2021, a Black Friday acontecerá no dia 26 de novembro. Portanto, se você é varejista e ainda não se planejou, ainda dá tempo para pensar em ações para faturar mais com a data.

O que o cliente espera na Black Friday 

Ainda que seja uma data muito esperada anualmente, muitos consumidores criaram desconfiança em relação a Black Friday devido às más condutas de algumas lojas. Ao subir o preço um pouco antes de anunciar os descontos, essas lojas geraram trouxeram um buzz negativo para o evento no país, que ganhou a alcunha pejorativa de “Black Fraude”.

Por isso, dentre os fatores que o consumidor deseja visualizar na Black Friday das lojas, a confiabilidade é um dos que mais se destaca. Os descontos precisam ser reais, sendo as lojas sujeitas a punições no código do consumidor em caso de irregularidades.

Além disso, uma pesquisa divulgada pela Globo de junho de 2021 trouxe que aquilo que o consumidor mais busca nesse momento é uma boa experiência de compra e condições pagamento.

A pesquisa buscou entender a percepção do consumidor acerca do consumo na Black Friday a partir da pandemia do coronavírus. Em 2020, o e-commerce cresceu e até 30% dos entrevistados afirmou ter iniciado ou aumento as compras online.

Com isso em mente, fortalecer o e-commerce e utilizar ferramentas que se adaptam ao online, trazendo mais facilidade e praticidade, é o que pode fazer a diferença na próxima Black Friday e é por isso que muitas empresas já estão apostando em soluções como o cartão-presente.

O Outback e o cartão-presente: as estratégias para vender mais

Para ilustrar como empresas estão usando novas soluções e se planejando durante a Black Friday para faturar mais, buscamos contar como o Outback realizou suas ações, nos últimos 4 anos, para o evento e a parceria com a Todo, líder de tecnologia no segmento de cartões-presente no Brasil.

A Head of Customer Success da Todo, Victoria Baldo, lidou diretamente com o comercial do Outback durante as campanhas de Black Friday passadas e foi questionada sobre as ações realizadas a partir do cartão-presente.

“Foi uma solução que gerou caixa de forma rápida para o Outback. Em um momento em que a maioria dos restaurantes estavam fechados, milhares de reais foram gerados para a empresa”.

Victoria Baldo, Head of Customer Success da Todo

Desenhou-se o cartão-presente do Outback como uma experiência. Quando uma pessoa é presenteada com um cartão da rede, ela recebe um “momento Outback”, e pode utilizar o valor do cartão para consumir qualquer produto do cardápio referente àquele valor. É uma experiência. É diferente de ganhar um brinde, como uma cebola, uma bebida grátis. O cliente que decide como ele quer aproveitar o seu presente.

Em relação à Black Friday em pandemia, no ano de 2020, houve uma queda nos números gerais, como a maioria dos negócios, entretanto, mesmo assim, o cartão-presente conseguiu contribuir com uma receita importante para o momento, com mais de 1200 clientes atendidos em apenas 2 dias de venda.

Victoria diz que o cliente do Outback ainda enxerga com bons olhos a Black Friday e que ele “entendeu” a experiência e já espera que ela aconteça todo mês de novembro. O marketing da companhia tem uma grande estratégia para a data e a cada ano se explora mais e mais o evento.

E se você quiser saber mais sobre as vantagens de ter um cartão-presente nas suas ações de Black Friday, não deixe de clicar aqui e falar com um de nossos especialistas.

Nathaly Queiroz

Nathaly Queiroz

Analista de Marketing no time da Todo – vegetariana, apaixonada por Naruto, rap de animes, chimarrão e gatos.

Veja também

Se inscreva em nossa newsletter:

Se inscreva em nossa newsletter: